Repertório – UFRGS 2008

IMPORTANTE CORREÇÃO:
No Manual do Candidato não aparecem as peças que são necessárias para o ingresso no curso, mas no site do Instituto de Artes aparece. Então agora, o post editado, com as obras necessárias.

No Vestibular da UFRGS, o necessário para ingressar no curso de bacharelado em música (habilitação violão) é:

  • Habilidade técnica, observando os itens:
    • Precisão e fluência rítmica
    • Vibrato
    • Articulação
    • Técnica de mão direita e mão esquerda
    • Uso adequado de dinâmica
    • Afinação
    • Interpretação adequada dos símbolos musicais
  • Demostração da compreensão dos significados da partitura, levando em consideração seu contexto histórico e estilístico
  • Correta leitura à primeira vista ao instrumento, contemplando de modo satisfatório a execução das alturas e a relação dos valores rítmicos e de dinâmica
  • “Série Didáctica para Guitarra”, de Abel Carlevaro, Ed. Barry:
    • escalas maiores e menores em todos os tons, na digitação do livro (Cuaderno 1);
    • arpejos: fórmulas 1 a 12 do Cuaderno nº 2;
    • ligados simples ascendentes, dedos imediatos e dedos salteados (Exercícios 1 a 6) e ligados simples descendentes, dedos imediatos e dedos salteados (Exercícios 12 a 17) do Cuaderno nº 4.
  • O candidato deverá executar os dois estudos abaixo:
    • Heitor Villa-Lobos: Estudo nº 1
    • Radamés Gnattali: Estudo IV
  • Uma peça de autor brasileiro a escolher entre:
    • Villa-Lobos: um dos 12 Estudos, exceto o nº 1
    • Francisco Mignone: um dos 12 Estudos
    • Fernando Mattos: Poemeto
    • Marco Pereira: Choro de Juliana
  • Uma obra a escolher entre as seguintes:
    • Manuel Ponce: Valsa;
    • Frederico Moreno Torroba: um dos Castillos de Espana;
    • J. S. Bach: Um movimento de suite (exceto sarabandas), a escolher entre as suítes para alaúde, violoncelo ou sonatas e partitas para violino, excetuando a Bourrée da Suíte BWV 996 e o Prelúdio da Suite BWV 1007.

Acho que até agora, o vestibular mais exigente que eu já vi.

4 comentários sobre “Repertório – UFRGS 2008

  1. Bruno, sou do RS e gostaria de informar-lhe que a prova de habilitação de música bachaarelado violão clássico tem sim peças específicas entra no site que vais ver!

    http://www.ufrgs.br/artes/

    obs:é bom informa-se bem antes sair de falando qualquer coisa por ai.

  2. BACHARELADO EM MÚSICA
    HABILITAÇÃO: CORDAS OU SOPROS
    INSTRUMENTO: VIOLÃO
    PROVA DE INSTRUMENTO
    O candidato deverá trazer seu próprio instrumento para a prova. Todas as peças devem ser
    executadas sem repetições. A comissão examinadora não fornecerá partituras.
    1. Técnica:
    a) O candidato deverá estar preparado para executar os seguintes exercícios de técnica,
    extraídos da “Série Didáctica para Guitarra”, de Abel Carlevaro, Ed. Barry:
    – escalas maiores e menores em todos os tons, na digitação do livro (Cuaderno 1);
    – arpejos: fórmulas 1 a 12 do Cuaderno nº 2;
    – ligados simples ascendentes, dedos imediatos e dedos salteados (Exercícios 1 a 6) e ligados
    simples descendentes, dedos imediatos e dedos salteados (Exercícios 12 a 17) do Cuaderno nº
    4.
    b) O candidato deverá executar os dois estudos abaixo:
    – Heitor Villa-Lobos: Estudo nº 1;
    – Radamés Gnattali: Estudo IV.
    2. Repertório:
    a) Uma peça de autor brasileiro a escolher entre:
    – Villa-Lobos: um dos 12 Estudos, exceto o nº 1;
    – Francisco Mignone: um dos 12 Estudos;
    – Fernando Mattos: Poemeto;
    – Marco Pereira: Choro de Juliana.
    b) Uma obra a escolher entre as seguintes:
    – Manuel Ponce: Valsa;
    – Frederico Moreno Torroba: um dos Castillos de Espana;
    – J. S. Bach: Um movimento de suite (exceto sarabandas), a escolher entre as suítes para
    alaúde, violoncelo ou sonatas e partitas para violino, excetuando a Bourrée da Suíte BWV 996 e
    o Prelúdio da Suite BWV 1007.
    3. Leituras à primeira vista:
    a) Uma leitura entoada (solfejo): o candidato deverá escolher um dos solfejos apresentados
    pela banca examinadora. Após examinar a partitura do solfejo escolhido em silêncio, durante
    até um minuto, o candidato deverá executá-la. O solfejo será avaliado a partir dos seguintes
    critérios:
    I) Melodia: correto solfejo da melodia, mantendo afinação, centro tonal estável, utilização do
    nome correto das notas (dó, ré, mi, fá, sol, lá, si);
    II) Ritmo: correta realização dos ritmos, mantendo pulso básico e fluência.
    b) Leitura com o instrumento:O candidato receberá uma partitura da banca examinadora. Após
    examinar a partitura em silêncio, durante até um minuto, o candidato deverá executá-la,
    respeitando os seguintes itens: andamento, dinâmica, execução rítmica correta, tonalidade,
    marcas de expressão e articulação.

  3. Oi Patrick,

    Não peguei a informação e saí falando qualquer coisa por aí sem mais nem menos. Eu peguei a informação do Manual do Candidato de 2008, acabei de conferir mais uma vez. Não tem nada desse texto que você comentou. Qual é o link exato de qual você extraiu esse texto?

    Até mais,
    Bruno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *