Estudo, 10/02 e 21-22/02/07

Estou com problemas no meu computador, portanto dependo dos computadores da UNICAMP e de lan houses agora. Desculpem pela demora para postar.

10/02. Comecei fazendo uns exercícios de cromatismo e arpejos do Carlevaro, do Cuaderno no. 2, para esquentar. Segui tocando o Estudo no. 6 do Brouwer e o Estudo no. 1 do Villa-Lobos. Logo após toquei as Variacões sobre um tema da Flauta Mágica, de Fernando Sor. Fazia tempo que eu não tocava essa peça, e ela precisa ser tocada todo dia pra sair direitinho todos os ligados e ornamentos… Segui tocando o Choros no. 1 do Villa, peça que eu estou estudando mais nos últimos dias. Está legal, tem algumas partes que tem notas mal pisadas e algumas digitações ainda mal-resolvidas, mas dessa primeira parte de se pegar uma música, a parte da mecânica estar certa, está quase pronta. Depois ainda tem as questões interpretativas, mas aí são outros quinhentos… Aliás, outros mil. Toquei o Prelúdio da Suíte no. 2 para Alaúde [BWV 997] do Bach pra não perder a prática, e depois parei. Não sei o que está dando em mim, é difícil eu ficar mais de 45 minutos tocando violão… Não sei, talvez pela combinação do clima estar quente, eu não estar com um canto orgranizado só para eu estudar e estar com um desconforto em ficar sentado na posição certa pra tocar por muito tempo. Plano a curto prazo: comprar um apoio ergonômico, com ventosas, pra ver se fico melhor.

21/02. Fiquei mais animado para estudar, e o desconforto já quase não existe, excetuando quando fico demasiado tempo tocando. Comecei aquecendo com o Estudo no. 6 do Brouwer e o Estudo no. 1 do Villa. Estou trabalhando agora em cima de alguns choros que planejo tocar em duo com meu primo, também violonista. As melodias de A Vida é um Buraco, Chorei, 1×0, Descendo a Serra, Pagão, Segura Ele (todas do Pixinguinha) estão quase prontas, falta limpar alguns compassos pra sair legal. O Choros no. 1 do Villa-Lobos tá saindo bem, estou gostando bastante de tocá-lo, ele tem um balanço muito agradável, é realmente gostoso de tocar… Dei uma passada na Suíte no. 2 para Alaúde [BWV 997], do Bach, e estou trabalhando bastante na Fuga agora. Muito bonita, é demais ouví-la… Mas ainda está no meio da segunda página…

22/01. Aqueci com os estudos de sempre, e toquei as Variações sobre um tema da Flauta  Mágica de Mozart, de Fernando Sor. Consegui escutar a interpretação dessa música pelo Segóvia, é bem diferente do que eu estava fazendo… Como eu estava antes apenas com a opinião de meu ex-professor, ouvir Segóvia fez com que as possiblidades dessa música se multiplicassem… Agora vou trabalhar nela bastante, fiquei animado pra deixá-la tão perfeita quanto a versão do Maestro. Passei pelo Choros no. 1, Prelúdio no. 1 e no. 3, do Villa, que estão saindo sem grandes problemas. Daqui a alguns minutos terei aula com o Fábio e deve ser bastante produtivo, em breve uma movimentação maior na série Estudo.

2 comentários sobre “Estudo, 10/02 e 21-22/02/07

  1. E ai Bruno, como vai? ta estudando muito em meu chapa! Ja meu professor briga pra eu levantar a cada 45 minutos e dar uma volta, mas entes de 2 horas não consigo sair da cadeira, pois é, com os dois pés no chão literalmente é menos dor na coluna. Caro, o apoio mais evoluido é o deste tutorial http://www.violaobrasil.com.br/?p=158 – qualquer marceneiro cobra em média R$20,00 para fazer, vai gastar mais aproximadamente 4 das ventosas e uns R$3,00 do piso anti-derrapante tipo grão de arroz que vai colar com cola de sapateiro. Dai só alegria! Este apoio do tutorial foi apresentado ao meu professor por um outro aluno dele que tinha acabado doutorado na usp em violão, nem sei o tema, e tem outro apoio que pode ver na foto do tutorial que é muito útil também e colado com ventosas para não marcar o nosso braço quando tocamos. Se quiser me acrescentar no msn beto._.beto@hotmail.com ok.
    Sucesso!

  2. Cara, vou testar as almofadinhas. Muito mais fácil e barato de mandar fazer, qualquer tapeceiro faz e não tem as ventosas que se tiver um grão de poeira ou qualquer tipo de sujeira riscam de leve o verniz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>